A carregar o formulário...
Quer aderir?
Ligamos Grátis
10 dicas para combater o stress

10 dicas para combater o stress

O stress faz parte do ser humano e pode ajudar a motivá-lo a cumprir as suas tarefas. Até mesmo o alto stress causado por doenças graves, perda do emprego, uma morte na família ou um acontecimento doloroso podem ser uma parte natural da vida. Você pode sentir-se deprimido ou ansioso, o que também é normal por um curto período de tempo. Fale com o seu médico se sentir-se deprimido ou ansioso por mais de várias semanas ou se começar a interferir com a sua vida doméstica ou profissional. Terapia, meditação e outras estratégias podem ajudar a controlar o stress antes que ele se torne excessivo. Considere as seguintes sugestões:


1. Exercício físico

O exercício é uma das coisas mais importantes que pode fazer para combater o stress. Parece contraditório, mas provocar stress físico no seu corpo por meio de exercícios pode aliviar o stress mental. Pessoas que se exercitam regularmente têm menos probabilidade de sentir ansiedade do que aquelas que não se exercitam. Existem alguns motivos por trás disso:

  • Hormonas do stress: os exercícios diminuem as hormonas do stress- como o cortisol - a longo prazo. Também ajudam a libertar endorfinas, substâncias químicas que melhoram o humor e atuam como analgésicos naturais.
  • Sono: os exercícios também podem melhorar a qualidade do sono, que pode ser afetada negativamente pelo stress e pela ansiedade.
  • Confiança: quando pratica exercícios regularmente, pode sentir-se mais confiante com o seu corpo, o que, por sua vez, promove o bem-estar mental.
Tente encontrar uma ou mais atividades de que goste, como caminhar, dançar, escalar ou ioga. Atividades, como caminhar ou correr, que envolvem movimentos repetitivos de grandes grupos musculares podem ser particularmente aliviadoras do stress.


2. Alimentação saudável

Uma dieta saudável pode diminuir os efeitos do estresse, para além de fortalecer o sistema imunológico, equilibrar o humor e reduzir a pressão arterial. Muito açúcar e gordura adicionados podem ter o efeito oposto. E ‘comida de plástico’ pode parecer ainda mais atraente quando estamos sob muito stress. Para se manter saudável, procure carbo hidratos complexos e proteínas magras.

Os antioxidantes também ajudam. Eles protegem as células contra os danos que o stress crónico pode causar. Podem ser encontrados numa grande variedade de alimentos, como feijão, frutas, frutos vermelhos, vegetais e especiarias como o gengibre. Siga uma dieta saudável com algumas dicas simples e fique longe de alimentos processados. Os cientistas identificaram alguns nutrientes que parecem ajudar a diminuir os efeitos do stress no corpo e na mente - vitamina C, magnésio, ácidos gordurosos de omega-3 - certifique-se de obter o suficiente como parte de uma dieta equilibrada.

Além de uma alimentação saudável a diminuição de ingestão de cafeína também contribui para a redução dos níveis de stress. Doses altas de cafeína podem aumentar a ansiedade. As pessoas têm limites diferentes para a quantidade de cafeína que conseguem tolerar. Se notar que a cafeína o deixa nervoso ou ansioso, considere reduzir a quantidade que consome diariamente. Embora muitos estudos mostrem que o café pode ser saudável quando consumido com moderação, não é para todos. Em geral, um máximo de cinco chávenas por dia é considerada uma quantidade moderada.


3. Aprenda a dizer não

Nem todos os fatores causadores de stress estão sob o seu controle, mas alguns podem ser controlados por si. Assuma o controle das partes da sua vida que possa mudar e que estão a causar-lhe stress. Uma maneira fácil de fazer isso é dizer “não” com mais frequência. Isso é especialmente verdade se costuma assumir mais tarefas do que pode suportar, pois conciliar muitas responsabilidades pode deixá-lo sobrecarregado. Ser seletivo com as responsabilidades que assume pode reduzir os seus níveis de stress.

4. Aprenda a evitar a procrastinação

Outra maneira de controlar o stress é manter-se em dia com as suas prioridades e parar de procrastinar. A procrastinação pode levá-lo a agir de forma reativa o que afeta negativamente a sua saúde e a qualidade do sono. Adquira o hábito de fazer uma lista de tarefas organizada por prioridade com prazos realistas definidos. Trabalhe nas tarefas prioritárias sem interrupções, pois alternar entre tarefas ou realizar várias tarefas ao mesmo tempo pode ser muito stressante.

5. Ouça música relaxante

Ouvir música pode ter um efeito muito relaxante no corpo. A música instrumental de ritmo lento pode induzir a uma resposta de relaxamento, ajudando a reduzir a pressão arterial e a frequência cardíaca, bem como as hormonas do stress. Alguns tipos de música clássica, celta, nativa americana e indiana podem ser particularmente calmantes, mas simplesmente ouvir a música que você gosta também é eficaz. Os sons da natureza também podem ser muito calmantes. É por isso que muitas vezes são incorporados à música de relaxamento e meditação.

6. Substitua Negatividade por Positividade

Nem sempre é fácil manter uma mentalidade positiva, então trabalhe para substituir pensamentos negativos por positivos sempre que possível. Lembre-se de que é tudo uma questão de perspetiva - um único incidente pode ser visto de muitas maneiras diferentes. Às vezes é mais fácil descartar algo como negativo, então reserve um tempo para descobrir o lado bom de qualquer situação.

7. Aprenda a identificar os seus gatilhos

Você percebe que a sua ansiedade e stress são causados por uma situação específica? Quer seja relacionado com o trabalho, quer seja pessoal, familiar ou alguma outra área da sua vida, identifique os padrões nas suas emoções negativas e o que as desencadeia. Quando se sentir stressado ou ansioso, escreva num diário e registre como se sente. Anote todos os detalhes que pode usar para identificar a causa.

8. Respiração profunda e técnicas de relaxamento

Inspirar e expirar lentamente pode ajudar a diminuir os sintomas de stress, como o batimento cardíaco acelerado. O oxigênio extra pode ajudar a limpar a sua mente e dá-lhe tempo para organizar os seus pensamentos. Outras maneiras de se acalmar incluem ioga, meditação e massagem. Todas estas atividades promovem o relaxamento.

9. Terapia do riso

Quando rimos inspiramos mais oxigênio. O coração, pulmões e músculos ganham impulso e o nosso corpo liberta hormonas que nos fazem sentir bem. O riso também melhora o sistema imunológico, diminui a dor e melhora o humor por longos períodos de tempo.

10. Passe algum tempo com o seu animal de estimação

Ter um animal de estimação pode ajudar a reduzir o stress e melhorar o seu humor. Interagir com animais de estimação ajuda a libertar oxitocina, uma substância química cerebral que promove um humor positivo. Ter um animal de estimação também pode ajudar a aliviar o stress, dando-lhe propósito, mantendo-o ativo e proporcionando companhia - todas as qualidades que ajudam a reduzir a ansiedade.

Se estes métodos naturais não aliviarem o stress, pode ser necessário consultar um médico ou terapeuta. Terapeutas licenciados estão aptos a avaliar o seu caso e fornecer serviços de aconselhamento que o vão ajudar a lidar com o problema. A terapia é uma ótima ajuda no desenvolvimento de planos para corrigir algumas áreas problemáticas da sua vida.

Publicado há 1 mês

Partilhe