A carregar o formulário...
Quer aderir?
Ligamos Grátis
Triglicerídeos versus colesterol: o que precisa saber

Triglicerídeos versus colesterol: o que precisa saber

Quando consultamos o nosso médico de família sempre somos advertidos a prestar atenção aos nossos níveis de colesterol e, em menor grau, aos níveis de triglicerídeos. O colesterol e os triglicerídeos são duas formas de lipídios, ou gordura, que circulam na corrente sanguínea. Ambos são necessários para o nosso organismo. Mas quando os níveis de colesterol ou triglicerídeos no sangue ficam muito altos, o risco de desenvolver ataque cardíaco, derrame e doença vascular periférica aumenta significativamente. E é por isso que todos nós precisamos preocupar-nos com os nossos níveis de lipídios no sangue.


Vejamos as diferenças entre colesterol e triglicerídeos:

O que é colesterol?

O colesterol é uma substância densa e gordurosa encontrada em todas as células do corpo. Produzido pelo fígado, o colesterol é essencial para muitas funções de suporte à vida. Ajuda o corpo a produzir hormonas e vitamina D e também é encontrado em compostos que o corpo cria para ajudar na digestão dos alimentos. O colesterol circula por toda a corrente sanguínea em pequenos ‘pacotes’ chamados lipoproteínas. O seu interior é composto de gordura, enquanto as proteínas formam a parede externa.


Quais são os diferentes tipos de colesterol?

Existem duas categorias principais de colesterol no sangue:

Lipoproteína de baixa densidade (LDL): considerado o “mau” colesterol, o LDL permite que o colesterol crie depósitos (placas) que se acumulam e endurecem nas paredes dos vasos sanguíneos - uma condição chamada aterosclerose, comumente conhecida como "endurecimento das artérias".

Quando isto acontece nas artérias coronárias (as artérias que atendem ao coração), reduz o suprimento de sangue rico em oxigênio no coração. Essa condição séria, chamada de doença arterial coronária, pode causar ataques cardíacos e até a morte.

As placas também podem formar-se nas artérias que fornecem sangue ao cérebro, abdômen, braços e pernas, levando a um risco maior de acidente vascular cerebral, lesão intestinal e doença arterial periférica.

Lipoproteína de alta densidade (HDL): HDL é o tipo "bom" de colesterol, porque ajuda a reduzir os níveis de LDL. O papel do HDL é transportar o colesterol LDL para o fígado, que o elimina do sangue.


Causas do colesterol alto

Os níveis elevados de colesterol LDL podem ser causados por vários fatores, incluindo condições de hereditariedade, como hipercolesterolemia familiar. Porém é mais comum que os níveis elevados de colesterol estejam relacionados a uma dieta pobre, obesidade, estilo de vida sedentário, idade, tabagismo e género (mulheres na pré-menopausa têm níveis de colesterol mais baixos do que os homens).

Várias condições médicas, incluindo diabetes, hipotireoidismo, doença hepática e insuficiência renal crônica também podem aumentar os níveis de colesterol. Algumas drogas, especialmente esteroides e progesterona, podem ter o mesmo efeito.

O que são triglicerídeos?

Triglicerídeos são outra forma de gordura no sangue semelhante ao colesterol. Ter altos níveis de triglicerídeos aumenta o risco de doenças cardíacas, derrame e ataque cardíaco. Fazer escolhas de estilo de vida saudáveis pode ajudar muito no controle dos níveis de triglicerídeos. Algumas pessoas, porém, têm uma condição genética hereditária chamada hipertrigliceridemia, que causa altos níveis de triglicerídeos. Embora possa saber qual é o seu nível de colesterol total e estar ciente da diferença entre o mau e o bom colesterol, você pode não saber que o seu nível de triglicerídeos é uma parte igualmente importante do seu perfil de lipídios no sangue. Na verdade, os triglicerídeos altos são tão perigosos quanto o mau colesterol quando se trata do risco de doenças cardíacas. Idealmente, o seu nível de triglicerídeos deve ser inferior a 150 mg / dL; os níveis limítrofes são de até 199 mg / dL, acima de 200 mg / dL é considerado alto e acima de 500 mg / dL é muito alto.

Quando procurar tratamento?

Decidir se deve ser tratado para o caso de ter níveis elevados de colesterol ou triglicerídeos, se esse tratamento deve incluir terapia com medicamentos e quais medicamentos devem ser usados, nem sempre é completamente simples. Ainda assim, se o seu risco cardiovascular for elevado, o tratamento certo direcionado aos seus níveis de lipídios pode reduzir substancialmente a probabilidade de ter um ataque cardíaco ou mesmo de morrer prematuramente. Portanto, no que respeita a tratar dos níveis de colesterol e triglicerídeos, é importante agir corretamente.

As mudanças saudáveis no estilo de vida são um importante componente no combate aos maus hábitos que conduzem aos elevados níveis de gordura no sangue. São as etapas essenciais que você deve assegurar para controlar os triglicerídeos e colesterol elevados, ainda mais importantes do que a medicação.

Essas opções incluem:

  • 1. Manter um peso corporal saudável
  • 2. Seguir uma dieta saudável
  • 3. Fazer exercícios regularmente
  • 4. Parar de fumar e limitar o consumo de álcool
Publicado há 1 mês

Partilhe